quarta-feira, 14 de setembro de 2016

PROFESSORA: Rozangela L. Maria1-
 GEOGRAFIA: ENSINO MÉDIO
CONTEÚDOS
OBJETIVOS
I.  Os continentes: a divisão política das terras emersas.
Como se formaram os continentes da Terra e as placas tectônicas
Entender o surgimento dos seis continentes a partir da deriva continental.
Identificar as principais placas tectônicas, seus movimentos e causas.
Compreender a Teoria da Tectônica de Placas, com eventos catastróficos, como terremotos e tsunamis, além de suas localizações.
II. Globalização, multinacionais e mercado regional.
Analisar o processo de globalização mundial, seus benefícios para a sociedade e suas consequências.
Compreender os fatores que levam a empresas multinacionais a migrar para outros países, as transformações que acontecem com as mesmas nas paisagens do espaço geográfico.
III. Fenômenos climáticos e a interferência humana: Efeito estufa e aquecimento global, chuva ácida, redução da camada de ozônio, ilha de calor, inversão térmica, El Niño e La Niña.
Identificar e reconhecer os fenômenos climáticos e as implicações no meio ambiente para todas as formas de vida no planeta.
Reconhecer que as paisagens e os lugares são produtos de ações positivas ou negativas do homem em sociedade.
 Relacionar as mudanças climáticas, à expansão do padrão de produção e de consumo.
IV. Características populacionais do Brasil: Formação da população – miscigenação.
Fenômenos demográficos (natalidade, mortalidade, taxas de crescimento demográfico, etc...)
Identificar a distribuição populacional no território brasileiro.
Entender a formação da composição étnica do Brasil.
Compreender as características principais da ocupação do território brasileiro e suas causas até os dias atuais. 
Conhecer e utilizar alguns conceitos referentes ao estudo da população.
V. A industrialização dos países subdesenvolvidos e desenvolvidos
Classificação dos tipos de indústrias
Reconhecer os diferentes processos históricos, econômicos e sociais que contribuíram para a organização do espaço industrial nos países desenvolvidos e subdesenvolvidos.
Identificar e relacionar as influências dos diferentes fatores locacionais na distribuição da indústria no espaço brasileiro.
VI. As fontes de energia e extração
Reconhecer que há uma diversidade de fontes de energia. Entender as diferenças entre recursos renováveis e não renováveis.
Entender que os combustíveis fósseis, cuja queima contribui para o aumento do efeito estufa e também para a poluição atmosférica.  E por que são as principais fontes de energia utilizada no mundo hoje.
Identificar as áreas no mundo onde se encontram as maiores reservas de combustíveis fósseis.

2 – GEOGRAFIA: ENSINO FUNDAMENTAL
CONTEÚDOS                                         
OBJETIVOS
I.  Clima, vegetação e relevo do Brasil.
Bacias Hidrográficas brasileiras


Entender o conceito básico de hidrografia e associá-la com outros aspectos do meio ambiente, tais como: clima, relevo e vegetação.

Conhecer os tipos de climas e suas características existentes no mundo e no Brasil. 
Identificar as variadas formas de cobertura vegetal que predominam no Brasil. 
Reconhecer as bacias hidrográficas brasileiras e sua importância.
Estabelecer uma relação entre o clima e a vegetação. 
II.  Movimentos de rotação e translação
Entender os movimentos da Terra, bem como suas causas.
III. Conceitos de paisagem, lugar e espaço geográfico.
Identificar o espaço geográfico como um espaço de transformações.

Compreender os conceitos de paisagem, lugar e espaço geográfico;
IV. Extrativismo, agricultura e pecuária.
Conceituar agricultura, extrativismo e pecuária
Diferenciar os sistemas agropecuários que são: agricultura extensiva, agricultura intensiva e agricultura itinerante. 
Compreender como a pecuária influi no meio ambiente e quais os impactos causados por essa atividade.
Reconhecer os diferentes tipos de extrativismo com destaque para o vegetal, mineral e animal.
V. A urbanização e os problemas ambientais 
Identificar as causas da expansão da rede urbana sem o devido planejamento
 Identificar quais os problemas ambientais nas grandes metrópoles
Identificar as raízes da urbanização brasileira e seus motivos.
VI.  A conquista do lugar: processo migratório e imigratório
Identificar os conceitos básicos de migrar, emigrar e imigrar.
Caracterizar os motivos e consequências da migração Humana
Principais movimentos migratórios mundiais e atuais
VII. As cinco Regiões do Brasil segundo o IBGE.
As regiões geoeconômicas de Pedro Geiger.
Compreender e relacionar as principais características físicas, econômicas, sócias e culturais das Regiões do Brasil.

Conhecer as principais propostas de regionalização do Brasil e identificar as suas principais diferenças: as macrorregiões do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e as três regiões geoeconômicas de Pedro Pinchas Geiger.


terça-feira, 13 de setembro de 2016

ATIVIDADES DE HISTÓRIA ENSINO MÉDIO



1. A arte do Egito Antigo, além de estar inteiramente ligada às crenças religiosas, apresenta muitas informações sobre a sociedade da época.
a) Qual fator geográfico propiciava, numa região cercada por deserto, a atividade produtiva representada pela imagem?
b) Que significado religioso tinha para os egípcios a representação de cenas da vida cotidiana nos túmulos?

2. Na África, durante a Antiguidade, entre 3000 a.C. e 322 a.C., desenvolveu-se o primeiro Império unificado historicamente conhecido, cuja longevidade e continuidade ainda despertam a atenção de arqueólogos e historiadores. Esse império:
a) Legou a humanidade códigos e compilações de leis.
b) Desenvolveu a escrita alfabética, dominada por amplos setores da sociedade.
c) Retinha parcela insignificante do excedente econômico disponível.
d) Dependia das cheias do rio Nilo para a prática da agricultura.

3. Qual das alternativas abaixo aponta uma importante característica da cultura na Grécia Antiga?
a) As artes plásticas na Grécia Antiga não apresentou grande valor artístico, pois as esculturas e pinturas não eram realistas.
b) A arquitetura grega foi a principal manifestação cultura da Grécia Antiga, pois recebeu muita influência dos egípcios e mesopotâmicos.
c) O teatro foi uma importante manifestação cultural na Grécia Antiga. Nos anfiteatros, os atores gregos representavam comédias e dramas.
d) No campo cultural, os gregos se dedicaram quase que exclusivamente às danças e festas musicais.

4. Uma das principais cidades- estado da Grécia Antiga foi Esparta. Qual das alternativas abaixo apresenta características de Esparta?
a) Esparta foi uma cidade-estado que se dedicou muito no desenvolvimento intelectual e artísticos dos seus cidadãos.
b) Fundada pelos Dórios, Esparta era uma cidade-estado militarista e com uma sociedade estamental (pouca mobilidade social).
c) Esparta foi uma cidade pacífica, sendo que não se envolveu em nenhuma guerra em toda sua História.
d) Esparta foi fundada pelos jônios e teve no comércio marítimo e na indústria suas principais atividades econômicas.

5. Qual das alternativas abaixo apresenta características importantes do feudalismo?
a) Prevalência do trabalho assalariado; poder centralizado nas mãos do monarca; uso de moedas em todos os feudos.
b) Economia baseada na produção de mercadorias industrializadas; sistema de eleições para a escolha dos governantes; prevalência do trabalho servil (dos servos).
c) Poder descentralizado (nas mãos dos senhores feudais); feudo como principal unidade política, administrativa e econômica; prevalência do trabalho servil; agricultura como base da economia.
d) Economia dinâmica com muito contato comercial entre os feudos; poder nas mãos dos cavaleiros medievais, divisão de terras igualitárias para todos do feudo.

6. Sobre a sociedade feudal é correto afirmar que:
a)  Ela era justa, pois todos possuíam os mesmos direitos e deveres.
b) Ela era dinâmica, pois era muito fácil uma pessoa passar de uma camada para outra superior.
c) A maior parte da sociedade era composta por nobres (reis, senhores feudais, cavaleiros).
d) Ela era hierarquizada e com pouca mobilidade social. Havia os que trabalhavam (servos camponeses), os que oravam (clero) e os que guerreavam (nobreza).

7. Qual das alternativas abaixo apresenta importantes características da economia feudal?
a)A base era a agricultura e as relações comerciais ocorriam, principalmente, através do sistema de trocas.
b)A base era o artesanato e as relações comerciais ocorriam, principalmente, através do sistema monetário (uso de moedas).
c) A economia era controlada pelos servos, que detinham quase toda a riqueza da Europa na época feudal.
d) A terra tinha pouco valor, pois o comércio era a base da economia feudal. 

8. Qual das alternativas abaixo apresenta causas do enfraquecimento do feudalismo na Europa?
a) A Revolução Industrial do século XVIII fez com que o feudalismo perde-se força em quase toda Europa.
b) O renascimento comercial, impulsionado pelas Cruzadas, deu início ao enfraquecimento do feudalismo no século XII.
c) A influência da Igreja Católica na política foi a principal causa do enfraquecimento e fim do feudalismo.
d) A Reforma Protestante fez com que muitos senhores feudais abandonassem o poder, transferindo-o para os monarcas.

 9.As questões abaixo referem-se aos movimentos operários, no contexto da Revolução Industrial do século XIX.
I - Ao longo do século XIX a consolidação do capitalismo tornaria as condições de vida e de trabalho do nascente proletariado extremamente precárias.
II - O ludismo traduz as primeiras manifestações de resistência da nascente classe operária que ocupou os últimos anos do século XVIII e os primeiros do século XIX.
III - Em meados do século XIX a greve geral dos trabalhadores na Europa, organizada pelo sindicato que representava a classe operária, provocou importantes mudanças na legislação trabalhista da época.
IV - O movimento cartista, movimento operário que surgiu na primeira metade do século XIX, não se constituiu um fato isolado, pois foi precedido de greves, motins, insurreições e outras manifestações da classe operária.
V - Na segunda metade do século XIX, e principalmente com a formação das associações internacionais dos trabalhadores, percebeu-se uma estreita relação entre o marxismo e o movimento operário europeu.
Assinale a alternativa correta.
a) Somente as afirmativas I, II, III e IV são verdadeiras.
b) Somente as afirmativas I, II, IV e V são verdadeiras.
c) Somente as afirmativas IV e V são verdadeiras.
d) Somente as afirmativas II e III são verdadeiras.

10. A Revolução Industrial ocorrida ao longo do século XVIII está vinculada à história da Inglaterra no seu nascedouro. Entretanto, à medida que o capitalismo foi se consolidando, a idéia de Revolução Industrial começou a ser associada a um conceito universal e ganhou vários sinônimos, dentre os quais:
a) Republicanização, que orientava os novos processos de organização da política, a intervenção no mercado e a Revolução Francesa;
b) Modernização, que indicava a manutenção da economia mercantilista, a centralização do Estado e o crescimento das camadas médias;
c) Industrialização, que significava a alteração nos processos de produção, a concretização da economia de mercado e a ascensão da burguesia;
d) Maquinização, que mostrava a crescente expansão do artesanato, da agricultura e da fisiocracia como modelos de crescimento;

11. Para que o conhecimento tecnológico tivesse o êxito de hoje foi preciso que ocorressem, no tempo, alterações radicais que abriram caminho para a introdução de novas relações de mercado e novas formas de transportes. Assinale a alternativa que melhor identifica o momento inicial da Revolução Industrial:
a) A utilização da máquina a vapor que propiciou o desenvolvimento das ferrovias, integrando áreas de produção aos mercados, aumentando o consumo e gerando lucros;
b) A revolução política de 1688, que garantiu a vitória dos interesses dos proprietários agrícolas em aliança com os trabalhadores urbanos que controlavam as manufaturas;
c) Os cercamentos que modificaram as relações sociais no campo, gerando novas formas de organização da produção rural e mantendo os vínculos tradicionais de servidão;
d) O desenvolvimento da energia eólica, produzindo um crescimento industrial que manteve as cidades afastadas do fantasma das doenças provocadas pelo uso do carvão.

12. O mundo do trabalho, entre 1760 e 1850, passou por um conjunto de mudanças, tanto no campo econômico como no campo social. As inovações tecnológicas tiveram grande importância nesse processo, conhecido como Primeira Revolução Industrial. Sobre essa temática, pode-se afirmar:
I. A Primeira Revolução Industrial, apesar de também ser conhecida como Revolução Industrial Inglesa, não ocorreu apenas na Inglaterra. Na verdade, as principais inovações tecnológicas do período ocorreram na França, na Península Ibérica e na Alemanha.
II. A tradicional produção de tecidos de lã, durante a Revolução Industrial Inglesa, continuou ativa. No entanto, foi a produção de tecidos de algodão que melhor expressou os aspectos revolucionários da produção fabril.
III. As mudanças promovidas pela Primeira Revolução Industrial ocorreram em vários âmbitos. Na esfera da produção, os três setores mais atingidos foram: a mineração de carvão, a indústria têxtil e a siderurgia.
Está(ão) correta(s) apenas:

a) II
b) II e III
c) III
d) I e III


13. Assinale as frases que correspondem corretamente ao período da República Oligárquica :
I "... A classe dos fazendeiros de café se conservava e se eternizava no Governo graças a uma máquina eleitoral que se estendia por todo o país, mergulhando suas raízes na terra..."
II. "... O Estado (...) é todo ele marcado pelo arbítrio dos governantes contra setores populares que se organizavam para reduzir a exploração..."
III "... A política dos governadores permitia às classes dominantes dos Estados mais poderosos (...) preservar e fortalecer o poder do grupo que dominava o aparelho estatal..."
IV "Voto de cabresto", "curral eleitoral", "eleição a bico de pena", "juiz nosso", "delegado nosso", "capangas" e "apadrinhamento" são expressões que lembram em nosso país o coronelismo.
V- Mesmo eleito com a ajuda dos coronéis, o governador não retribuía esse apoio, pois seu interesse era ajudar o povo.
a) Se apenas as opções I,II e V estiverem corretas.
b) Se apenas as opções II,III,IV e V estiverem corretas.
c) Se apenas as opções I,III,IV e V estiverem corretas.
d) Se apenas as opções I,II,III e IV estiverem corretas.

14. A "Política dos Governadores" baseava-se no(a):    
a) Domínio das elites oligárquicas estaduais sobre as populações rurais, através da repressão violenta às constantes revoltas armadas.       
b) Controle exercido pelas oligarquias sobre os oficiais da Guarda Nacional, os quais influenciavam fortemente a condução da política nacional           .
c) Elaboração de uma política de correção dos vícios do sistema eleitoral, advinda de      articulações entre as oligarquias e o governo federal.        
d) Teia de relações políticas ligadas ao poder oligárquico, a qual partia do presidente e se estendia até os eleitores nos municípios tutelados pelos coronéis.


15. A Constituição brasileira de 1891:      
a) Permitiu a plena democratização do país, com a superação do regime militar.
b) Criou um quarto poder, o Moderador, que atribuía plenos poderes ao Imperador.
c) Separou o Estado, agora republicano, da Igreja Católica.           
d) Manteve a permissão para a existência de mão-deobra escrava. 

16. Como teve início a Ditadura Militar no Brasil que durou de 1964 a 1985?
a) Através de eleições democráticas que levaram ao poder os militares.
b)Através de um acordo ocorrido entre o presidente João Goulart e comandantes das forças armadas brasileiras.
c) Através de uma sangrenta guerra civil em que os militares tomaram o poder a força, após a morte de milhares de brasileiros.
d)Através de um golpe militar, ocorrido em 31 de março de 1964, que tirou o presidente João Goulart do poder.

17.Qual das alternativas abaixo aponta características do regime militar brasileiro?
a) Bipartidarismo, falta de democracia, perseguição aos opositores políticos e repressão aos movimentos sociais.
b) Democracia, eleições diretas para presidência da República, apoio aos movimentos sociais, distribuição de terras para os camponeses.
c) Implantação do socialismo, existência de vários partidos políticos, tolerância com os opositores políticos.
d)Liberdade de imprensa, valorização do sistema democrático, apoio aos sindicatos e movimentos de trabalhadores sem terras.

18. A proclamação da República no Brasil está longe de ser considerada um momento de transformação revolucionária, embora ela tenha trazido algumas mudanças significativas. Uma característica inovadora dos primeiros anos da nova forma de governo foi:
a) A valorização de um novo produto de exportação;
b) A adoção do sistema parlamentarista;
c) A política de investimentos nas sociedades anônimas;
d) A popularidade do novo regime;

19. Dentre os fatores que concorreram diretamente para a queda da Monarquia Brasileira, citamos:
a) A falta de trabalho para os negros libertos;
b) A abdicação de D. Pedro I;
c) A abolição da escravatura;
d) A posição anômala (defeituosa) do exército;

20. A proclamação da República, representa basicamente:
a) Uma profunda transformação na estrutura política e social do Brasil;
b) A introdução do sistema democrático no Brasil;
c) O fim do período colonial brasileiro;
d) Uma modificação do regime político sem grande influência na estrutura econômica e social do País.